top of page

Black Friday: 3 dicas para não cair em fraudes e economizar de verdade

A Black Friday é a sexta-feira mais aguardada do ano para os lojistas e os consumidores que pretendem economizar na hora das compras. A popularidade desse evento comercial é tão grande que algumas empresas estendem as promoções para a semana ou até mesmo para o mês inteiro.

O evento começou nos Estados Unidos e rapidamente foi se expandindo para outros países, incluindo o Reino Unido, Canadá, Austrália, Brasil e muitos outros. Em diferentes regiões, as ofertas e a popularidade da Black Friday podem variar, mas o conceito de grandes descontos pós-Ação de Graças é extremamente reconhecido em todo o mundo.


Normalmente, a Black Friday acontece na última sexta-feira de novembro. As lojas muitas vezes começam a divulgar suas promoções semanas antes do evento, a fim de gerar o sentimento de antecipação nos consumidores. Alguns oferecem “pré-Black Friday” ou “ofertas de contagem regressiva” para aqueles que desejam comprar antes do dia oficial. Porém, para aproveitar a data sem arrependimentos é preciso se preparar antecipadamente. Pensando nisso, nós separamos 3 dicas importantes para você não desperdiçar o seu dinheiro.


FAÇA UMA LISTA DO QUE VOCÊ PRECISA


Para algumas pessoas, ver vários produtos em promoção pode ser algo muito tentador. Por isso, é importante ter em mente exatamente o que quer comprar. Antes do início da Black Friday, faça uma lista dos produtos que realmente precisa ou deseja comprar, dessa forma fica mais fácil manter o foco e não adquirir um item supérfluo só porque estava em oferta. Além disso, elaborar uma lista de desejos permite organizar o seu orçamento de forma inteligente, dando prioridade ao que você realmente precisa. E o melhor, sem gastar mais do que devia e acabar endividado com o cartão de crédito.


PESQUISE OS PREÇOS


Consulte os preços atuais desses itens para comparar com os descontos oferecidos durante o evento. Dessa forma, você terá uma ideia clara do valor real do desconto e evitará gastos impulsivos. Algumas lojas aumentam os preços dos produtos semanas antes da Black Friday e, na data, voltam ao preço original. Infelizmente, essa prática é mais comum do que você imagina. Não é à toa que no Brasil, a data ficou conhecida como “Black Fraude”. Então, para não cair em pegadinhas, é necessário pesquisar e monitorar os preços dos produtos que pretende comprar com antecedência. Dois sites gratuitos que podem ajudar nessa tarefa são o Buscapé e o Já Cotei.

Também é importante que você defina um limite de gastos para a Black Friday e cumpra esse orçamento. Isso pode ajudar a evitar compras excessivas e controlar seus gastos, garantindo que você não exceda suas possibilidades financeiras.


CUIDADO COM AS FAKES NEWS


Sempre que o preço de um produto ou serviço estiver muito abaixo da média do mercado, desconfie. Antes de tomar qualquer decisão motivado pela euforia do momento, pesquise sobre a loja ou o vendedor no Google.

Além de comprar em sites conhecidos, é importante verificar as ocorrências do site onde pretende realizar uma compra


Evite links suspeitos em e-mails ou redes sociais: durante uma Black Friday, é comum receber e-mails ou ver publicações em redes sociais com ofertas tentadoras. No entanto, evite clicar em links diretamente dessas mensagens. Em vez disso, digite manualmente o endereço do site na barra de pesquisa do seu navegador para garantir que você está acessando o site legítimo da loja.


Utilize métodos de pagamento de seguros: Opte por métodos de pagamento que ofereçam proteção ao consumidor, como cartões de crédito que possibilitem a contestação de cobrança caso haja algum problema com a compra. Evite realizar pagamentos por transferências bancárias ou em sites que não oferecem opções de pagamento seguro.


Mantenha seu software Atualizado: Certifique-se de que seu dispositivo e seu software de segurança, como antivírus e firewall, estejam atualizados. Isso pode ajudar a proteger seus dados pessoais contra ameaças online durante suas compras na Black Friday.


Esteja ciente de promoções enganosas ou falsas: Algumas ofertas podem ser enganosas, anunciando descontos muito altos ou produtos inexistentes. Mantenha-se atento a preços muito abaixo do normal e desconfie de promoções que parecem ser boas demais para ser verdade.


Verifique a política de privacidade e termos de uso: Antes de finalizar sua compra, revise a política de privacidade e os termos de uso do site para saber como seus dados pessoais serão utilizados. Opte por lojas que tenham políticas claras e transparentes sobre o uso e proteção de informações dos clientes.


Embora essas precauções devam ser tomadas o ano inteiro, na Black Friday a atenção precisa ser redobrada. Principalmente nessa época, hackers estão a todo vapor esperando um descuido para roubar seus dados pessoais e financeiros. Pensando nisso, compre apenas de sites conhecidos e endereços verificados.


DICA EXTRA: CAIU EM DÍVIDAS, O QUE FAZER?


Para quem está endividado, a melhor recomendação é pensar duas vezes antes de gastar. Só compre se realmente for necessário. Outra dica valiosa é aproveitar o 13º salário para colocar a vida financeira em ordem. Mas, se você não tem dinheiro suficiente para quitar as pendências, o ideal é negociar as dívidas.


A Solução Financeira oferece descontos o ano inteiro para negociação de dívidas bancárias, como de cartão de crédito, financiamento de veículos e empréstimo pessoal. Essas dívidas têm as maiores taxas de juros, por isso devem ser prioridade no pagamento.

O procedimento para negociar as dívidas com a Solução Financeira é simples e totalmente seguro. A dívida pode ser reduzida em até 70%, possibilitando a quitação por um valor acessível ao consumidor. Acesse o site da Solução Financeira para conhecer mais sobre a empresa.


Gostou do nosso conteúdo? Continue acompanhando nosso blog.




Comments


bottom of page