top of page

Pix se torna a forma de pagamento mais usada pelos comerciantes

Além de não gerar taxas quando o comerciante aceita receber no pix, a praticidade atrai o consumidor. Veja como essa se tornou a forma de pagamento mais popular entre micro e pequenos empreendedores.


pagamento pelo celular

DIGITALIZAÇÃO DOS PAGAMENTOS

Desde que foi criada, a modalidade de pagamentos instantâneos ganhou espaço entre as transações comerciais. Segundo o Banco Central, até julho de 2022 foram cadastradas 478,3 milhões de chaves pix e continua crescendo. Além da praticidade, alguns outros fatores explicam essa aceitação quase unânime da modalidade.


LIVRE DE TAXAS

Primeiramente, os comerciantes não têm taxas para receber no pix. Nesse sentido, até as pequenas transações que costumavam ser feitas em dinheiro passaram a ser feitas dessa forma. Ao contrário de outras modalidades que trazem taxas superiores ao valor da transação, o pix permite transferir valores bem menores sem pagar a mais.


SEMPRE DISPONÍVEL

Além de ser livre de taxas, o pix pode ser feito a qualquer hora do dia, em qualquer dia da semana. Ao contrário dos métodos de transferência tradicional que precisavam ser feitos em horário comercial ou agendadas para o próximo dia útil, é possível fazer um pix a qualquer momento.


CARTEIRA NA PALMA DA MÃO

Para os mais esquecidos, essa se torna uma ótima alternativa. Afinal, é mais fácil esquecer a carteira que o celular e com o aparelho em mãos é possível realizar pagamentos sem uso de cartão. Na verdade, para realizar o pagamento ou transferência não é necessário nada além do próprio telefone.


FACILIDADE PARA "RACHAR" A CONTA

É comum que nos círculos de amizade ou no ambiente de trabalho, as pessoas se unam para uma compra de benefício comum. Também conhecida como “fazer uma vaquinha”, essa prática requer que as pessoas envolvidas façam o pagamento para um responsável. Agora com o pix, é possível pagar pequenas quantias sem cobrança de taxas, o que acontecia nas transferências DOC e TED.


COMO RECEBER NO PIX

A principal vantagem de receber no pix é que o comerciante não precisa investir em estrutura para isso. Por exemplo, não é necessário equipamento específico como no caso das maquininhas de cartão. A conta bancária é a mesma conta corrente do banco, sem necessidade de contratar pacotes de serviços adicionais. Além disso, os microempreendedores individuais (MEIs) e empresários individuais seguem as mesmas regras de isenção de taxas das pessoas físicas. Porém, é preciso entender que Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI) e demais pessoas jurídicas podem ser cobradas tanto para enviar como para receber pix conforme a modalidade da conta bancária.


PREFERENCIA PARA RECEBER NO PIX

De forma geral, o pix superou o cartão de crédito e débito, bem como o dinheiro e já é a principal forma com que os pequenos negócios recebem por seus serviços. Segundo uma pesquisa feita pelo Sebrae em parceria com o IBGE, a modalidade já é usada por 42% dos empreendedores. Ativa há quase dois anos, a plataforma tem seu melhor desempenho entre os MEIs, sendo usada por 51% deles. Enquanto nas micro e pequenas empresas o pix tem a preferência de 28% dos responsáveis. Veja a porcentagem de formas de pagamento preferida de cada tipo de empreendedor:


MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI)

  • Pix – 51%

  • Dinheiro – 15%

  • Cartão de crédito – 20%

  • Cartão de débito – 5%

  • Outro – 9%


MICROEMPRESA

  • Pix – 28%

  • Dinheiro – 10%

  • Cartão de crédito – 30%

  • Cartão de débito – 9%

  • Outro – 23%


PEQUENA EMPRESA

  • Pix – 42%

  • Dinheiro – 13%

  • Cartão de crédito – 23%

  • Cartão de débito – 7%

  • Outro – 15%

Em outras palavras, receber no pix tem ficado cada vez mais popular e vem ganhando adeptos em todos os espaços. Comerciantes que aderiram à essa forma de pagamento tem mais chances de finalizar vendas justamente pelas vantagens apresentadas. E você, empreendedor, já utiliza o pix na sua empresa? Pretende aderir em breve? Para continuar se atualizando dos assuntos financeiros mais relevantes para o seu negócio, fique atento às publicações do nosso blog. Trazemos informações úteis para melhorar sua relação com o dinheiro nas finanças pessoais e empresariais. Até a próxima!



Atualizado em 04/11/2022.

Comments


bottom of page